'Estou aceitando currículos', brinca Harry Louis após término com Jacobs

Extraído de: ego   Outubro 07, 2013

Em entrevista ao EGO, empresário brasileiro disse que o namoro com estilista terminou sem brigas e que a amizade continua.

O estilista Marc Jacobs e o brasileiro Harry Louis terminaram o relacionamento após dois anos juntos. Harry usou seu perfil no Instagram para fazer o comunicado oficial, ao postar uma foto do casal com um efeito de vidro quebrado no último domingo, 6.

"Gostaria de ser o primeiro a dividir com vocês a notícia. Eu e Marc não estamos mais juntos como namorados. A distância e a agenda lotada atrapalharam muito e ele é uma pessoa tão incrível, que merece um namorado que esteja, pelo menos, nas duas cidades em que vive (Nova York e Paris). Eu também estava precisando disso. Nos amamos muito e isso foi uma decisão de ambos. Todos os momentos que passamos juntos foram preciosos e um novo capítulo da nossa vida começou. Ambos estamos focados no trabalho e, para aqueles que sempre nos apoiaram, por favor não fiquem tristes, a vida continua para todos nós. E para aqueles que estavam rezando para este momento chegar, aí está: Harry Louis e Marc Jacobs não são mais um casal", disse ele.

Após o término, Harry foi receber o afago da mãe, que mora em Madri, e contou ao nesta segunda, 7, que, apesar do carinho entre eles, a distância devido a compromissos de trabalho os impedia de ser ver com frequência. "Ele está com muitos projetos novos e eu também. Agora, temos agendas muito cheias, e não estávamos conseguindo nos ver muito. Quando você precisa mais da atenção, do carinho, da presença física do seu namorado, do que do sexo, é porque realmente a distância está atrapalhando", explicou ele.

O fim do namoro aconteceu em comum acordo, sem brigas. Harry é só elogios ao estilista: "Ele foi um namorado maravilhoso, um verdadeiro gentleman. A decisão foi esta porque existe muito carinho. Quando a gente ama, a gente quer ver a outra pessoa feliz. Eu só tenho a agradecer cada minuto, cada momento que passei com ele. Foi tudo maravilhoso, um aprendizado para mim e para ele".

Harry ainda rebateu os boatos de que não havia assistido ao desfile da Louis Vuitton, que marcou a última coleção do estilista à frente da direção criativa da grife. "Ele (Marc) queria que eu estivesse presente em sua despedida. Eu estava sentado na primeira fila, ao lado da Sofia Coppola, da Dakkota e da Elle Fanning. Inclusive, o Lorenzo (Martoni, ex-namorado de Marc) também estava do meu lado, para você ver como somos civilizados", brincou ele. "Estou muito orgulhoso por ele. Foi um privilégio e uma honra poder estar com ele durante estes dois anos", adicionou.

Sobre a imagem com o efeito de um porta-retratos quebrado, Harry disse que a escolha não passou de um artefício para fazer uma marca, sem qualquer indireta. "Se eu colacasse apenas uma foto, seria igual a todas as outras que já temos. Mesmo com um texto enorme, as pessoas não iriam ler a legenda". Ele ainda acrescentou: "As pessoas estavam esperando um barraco, mas não há rancor, não houve briga e nenhum drama.". 

A prova da amizade e carinho entre eles, é que os dois estão planejando se reunir com outros amigos no Dia de Ação de Graças, nos Estados Unidos. "Ainda estamos vendo se vamos conseguir. O Marc ainda não sabe se vai conseguir. Olha aí como é complicado a distância", reforçou.

O casal se conheceu em 2011, quando foram apresentados por um amigo durante uma festa em Londres, quando o brasileiro ainda fazia filmes adultas. Harry está morando entre Londres e Rio de Janeiro e tenta conciliar suas diferentes facetas como modelo, DJ, e empresário de sua marca de chocolates finos HL, que em breve ganhará loja física no Brasil. Entre tantos compromissos, ele contou que já está com o coração aberto a novas possibilidades: "Estou aceitando currículos", se divertiu Harry.

* Sob supervisão de Mirelle de França.

Autor: Lucinei Acosta * do EGO, no Rio


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Fofoki