Cantores e bandas maranhenses finalizam suas produções para apresentá-las ao público

Extraído de: oimparcial.impar   Janeiro 04, 2013

Se depender da iniciativa e da vontade da nova safra de bandas, cantores e compositores maranhenses o mercado fonográfico maranhense estará bastante aquecido nos próximos meses. Artistas como Dicy Rocha, Nathália Ferro, Phil Veras, Tássia Campos e bandas como Mr. Simple, Fúria Louca, Pedeginja, Velltenz, Souvenir, dentre outras, estão se preparando para entrar em estúdio e/ou lançarem suas obras este ano de 2013.

A banda Mr. Simple, por exemplo, vai lançar o segundo CD da carreira até meados do ano. O CD que leva o nome de uma das músicas, Hipnótica, terá o pré-lançamento no próximo dia 12, em show no Pharmacia Chopp (Renascença II), ao lado de outras bandas.

O CD está em processo de prensagem e vem com 12 faixas, sendo nove autorais, uma de autoria dos compositores Penha da Costa e José Raimundo, e as regravações das músicas Você não serve pra mim e London, London. De acordo com Paulo Pellegrini, idealizador da banda ao lado do baixista Otávio Parga, esse CD vem com uma pegada pop rock, e em comparação ao primeiro CD Metrópole (2008) é mais leve com a inserção de teclado e de guitarras.

“O Hipnótica é feito de músicas que falam da necessidade das pessoas saírem para se divertir, para celebrar a vida. As letras são mais leves como uma convocação para as pessoas festejarem. Inicialmente o nome seria A Festa não pode parar, mas optamos por colocar o nome de uma música que soa mais misterioso e como uma hipnose mesmo pelo som da banda”, explica Paulo. Além dele e de Otávio a banda ainda tem uma integrante, a baterista Vanessa Espíndola.

A Banda Souvenir está em processo de finalização do primeiro CD da banda. Passeando por elementos que misturam rock, jazz, trip hop, rock britânico, lounge, eletro-folk, eletrônico e drum'n'bass, Galaxy Species é o título do primeiro álbum que deve ser lançado em abril. Segundo Marlon Silva, baixista da banda, inicialmente o lançamento vai ser virtual, por redes musicais como Itunes, Soundcloud. “Como estamos fazendo o disco todo de maneira independente, e pra parte de masterização que requer maior investimento financeiro, ainda não definimos a data de lançamento. Mas vamos fazer sim”, avisa ele.

O disco vem com 12 faixas autorais e a produção é toda da banda. “A maioria das composições tem a assinatura de Adnon Soares (vocal/guitarra), exceto a faixa Reach out the sun, que é composição minha, de Domingos Thiago e de Adnon”, conta Marlon. Das músicas que compõem o CD oito já foram lançadas na Internet. As outras quatro só serão conhecidas no disco. Formam ainda a Souvenir, Thiago (guitarra/backing vocal/ elementos percussivos), Wilson (bateria) e Sandoval Filho (sintetizadores e loops).

Mostrando a caraA cantora e compositor Nathália Ferro quer definitivamente mostras suas composições, a sua cara. Ela entra em estúdio nos próximos dias para gravar seu primeiro EP, com 4 faixas. Segundo ela, uma preparação para o seu primeiro CD. Definido com romântico e existencialista, o EP contém duas canções delas, a exemplo de O Jardim. A outra ela faz mistério. “Tem que ter surpresa. As pessoas conhecem muito o meu trabalho como intérprete, mas como compositora eu estou indo aos poucos, mostrando minhas músicas e me preparando para um CD”, conta ela.

O EP tem ainda as músicas Instante (Rommel Ribeiro) e Grilos (Paulo César Linhares), e deve ser lançado logo após o carnaval em show ainda a ser definido, mas as músicas também estarão disponíveis para download na Internet.

“Eu acho que a gente tem que botar a música para tocar. Eu tenho uma receptividade boa do meu trabalho, então vou utilizar as ferramentas da Internet como forma de divulgação do meu trabalho”, considera Nathália.

Já a Pedeginja aposta no sucesso que suas músicas tem feito nos shows para realizar o primeiro trabalho, ainda sem nome. O CD em fase de gravação terá 12 faixas, todas autorais. “Ao longo desses dois anos fizemos muitos shows e colecionamos 15 músicas que tocamos nas nossas apresentações e que o público já conhece, então resolvemos fazer esse registro, pra deixar nosso nome aí no mercado fonográfico. Um CD funciona como o cartão de visita do artista”, considera o vocalista e guitarrista da banda, Paulo César Linhares. Completam a Pedeginja, Dinho (baixo), Jairo Ponte (metais), Jéssica Góis (vocal), Jovi (vocal), Pedro dos Anjos (saxofone/gaita), Pedro Vinícius (guitarra/flauta/violino) e Sandoval Filho (bateria).

O repertório do CD é ao estilo rock com outros elementos que vão do pop a movimentos como Tropicália, sempre acrescentando poesia e ritmo. “Nós vamos regravar algumas músicas que foram gravadas em single e outras que tocamos, mas que não chegaram a ser gravadas. Nosso trabalho é assim, muita mistura, instrumentos de sopro e uma música que as pessoas tem apreciado”, acredita Paulo. A previsão é de que seja lançado em abril.

Autor: Vinculado ao oimparcial.impar


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Fofoki