Ambientalistas criticam aumento do imposto sobre carros a gasóleo

Extraído de: abola.pt   Outubro 16, 2013

Por Redação
A-  A  A+ 

Os ambientalistas mostraram-se descontentes com o aumento do imposto único de circulação para viaturas a gasóleo porque apesar de considerarem que poder ser «compreensível» em termos ambientais é «moralmente injustificável».

Em declarações à Rádio Renascença, Nuno Sequeira, da Quercus, concorda que os carros a gasóleo «são normalmente mais poluentes», deve haver sim «uma bonificação sobre aqueles que são menos prejudiciais».

Apesar disso, defende, o agravamento da carga fiscal deve ser visto «no contexto da sociedade portuguesa de hoje» e que dessa forma a medida acaba por ser «social e moralmente injustificável».

Nuno Sequeira acrescenta que «não é possível imaginar que o Estado, ao longo de todos estes anos, deixe os cidadãos adquirir carros a gasóleo, penalizando agora à posteriori».

«A tecnologia dos motores a diesel tem vindo a melhor, os carros têm vindo a melhorar o seu desempenho ambiental. Faltam aqui detalhar, a nosso ver, questões que têm a ver com a potência dos carros, com os seus consumos, a idade, a emissão de partículas tanto de partículas, com de CO2 e de outros poluentes», disse.

22:54 - 16-10-2013

Autor: Vinculado ao abola.pt


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Fofoki